Inicio / Colaboradores / Dermatología Cosmética / HIPERPIGMENTAÇÃO PÓS-INFLAMATÓRIA (PIH)

HIPERPIGMENTAÇÃO PÓS-INFLAMATÓRIA (PIH)

Por Doris Hexsel

Hiperpigmentação pós-inflamatória (Postinflammatory hyperpigmentation, PIH) é um excesso de pigmentação da pele, adquirida, sendo uma resposta fisiopatológica a um trauma ou injúria cutânea. Ela pode ser causada por processos inflamatórios simples e discretos da pele, como dermatites de contato, até mais intensos e profundos, como lesões de acne.

A PIH é um problema extremamente freqüente no pós-operatório de cirurgias cutâneas e pode causar preocupações estéticas nos pacientes acometidos.


Todos os fototipos podem ser afetados, mas os fototipos mais altos tendem a ser mais atingidos, bem como apresentar pigmentação mais escura e de mais difícil tratamento. Homens e mulheres podem ser atingidos, e a PIH pode ser vista em todas as faixas etárias.


As lesões clássicas são máculas hiperpigmentadas, localizadas coincidentemente onde o processo inflamatório ou trauma que deu origem aconteceu. Isso é particularmente importante para o diagnóstico diferencial com outras manchas pigmentadas.


As lesões podem desaparecer espontaneamente ou persistir indefinidamente, se não forem tratadas.


O risco para o desenvolvimento de PIH pode e deve ser avaliado nos pacientes que se submetem a cirurgias cosméticas. Esta avaliação é simples e pode ser feita através do interrogatório médico, onde a presença de história pessoal ou lesões de PIH deve ser investigada. Para pacientes com história positiva de PIH, estão indicados despigmentantes no pré e pós operatório, bem como o uso sistemático de filtros solares, além de controlar e minimizar, se possível, o processo inflamatório que pode ocorrer durante e no pós- procedimento.

Se você quiser ler mais sobre PIH, eu recomendo visitar o website www.dermquest.com, e ler o leader commentary que escrevi sobre o assunto e foi publicado em 06 de novembro de 2007.

 

Acerca de Hexsel D. | Piquero Casals. V.

Deja un comentario

Para casos clínicos, sólo se publicarán comentarios de Suscriptores Especialistas de Salud registrados en nuestra base de datos.

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

 

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies