Inicio / Colaboradores / Integración Brasilero-Venezolana / Lesão única membro superior

Lesão única membro superior

Dr. Sergio S. Barbosa.
S.Paulo Brasil

Olá caros Dermlisters,
Caso 1- pac feminina com 20 anos refere tal lesão há cerca de dois anos. É assintomática.


Que acham? Grato.
Sergio S Barbosa, S.Paulo.

Nódulo Gengival


Caso 2- Pac masculino com lesão intraoral a cerca de 4 meses.

 Refere ter viajado ao interior de Minas Gerais antes do surgimento da mesma. Sem outros sinais ou sintomas. Ainda não fiz biópsia. Agradeço seus comentários

Sergio S Barbosa – S Paulo.

Múlitplos cistos em paciente de 40 anos


Caso 3- Esta paciente refere tais lesões desde a infância.

Foi encaminhada pelo cirurgião para avaliar possibilidade do uso de isotretinoina .

Refere ainda obstipação crônica e ao exame físico apresentava abdomen distendido. Não havia alterações maxilares/ mandibulares. Pedi avaliações de imagem e endoscópicas visando excluir ou fazer o diagnóstico de Síndrome de Gardner. Questiono se esta investigação procede, se a isotretinoina funcionaria bem e mesmo se excluiria uma conduta cirúrgica.

Muito obrigado e uma boa semana!

Sergio S Barbosa – S Paulo

Acerca de George B. Leal Jr

3 comentarios

  1. En la lesión del miembro superior, se me ocurren:
    1-Hamartoma dendrocítico en Medallón.*
    2-Dermatofibrosarcoma Atrófico
    3-Morfea

    * Medallion-like dermal dendrocyte hamartoma: the main diagnostic pitfall is congenital atrophic dermatofibrosarcoma. Br J Dermatol. 2009 Jan;160(1):190-3. Epub 2008 Oct 22.

    En la de encía. una de las causas del Epulis:
    Fibroma
    quiste odontogénico
    granuloma piógeno

    En los quistes múltiples:
    Acné nóduloquístico… desde la infancia? S. SAPHO? S.PAPA?… puede necesitar además de isotretinoina otras drogas de acuerdo a su estudio.

    Un saludo,

    jairo

  2. Muito grato, prezados amigos, por esta maravilhosa interacao! A seguir, repasso a primeira resposta, que foi minha, aos casos do Sergio, e a seguir, os comentarios de Sergio a respeito das excelentes consideracoes do Prof. Jairo Mesa e do Dr. Roberto Rezende.
    abracos em todos,
    george

    DR. GEORGE B. LEAL re Prof. Sergio Barbosa

    Estimado Sergio, salve! Se voce esteve em Floripa, foi uma pena nao te-lo visto… Meu abraco “presencial” fica portanto para outra oportunidade!. E foi uma grande satisfacao rever varios dermlisters, no congresso!

    Parabens pelos excelentes casos e fotos!

    Em relacao ao caso da lesao unica no membro superior, assintomatica, pareceu-me area cicatricial, de algum trauma..Parece tambem ser liquenificada, apesar de nao ter prurido, e achei tambem ter um “q” de sarcoidose, ou um bk. Seria interessante colher o fragmento.

    A lesao gengival, seria um cisto odontogenico??

    E as multiplas lesoes no dorso, pareceram-me muito da familia da acne mesmo, boa para uma isotretinoina, mas ja que tem estes nodulos sc, talvez fosse bom um rx de cranio e mandibulas, para ajudar no dd da sd de gardner.

    um forte abraco,

    george

    ====
    DR. ROBERTO REZENDE (re Casos de Dr. Sergio Barbosa)

    re: Caso Dr. Sergio Barbosa – múltiplos cistos em paciente de 40
    anos
    Prezado Dr. Sérgio,
    já tratei um caso igual ao seu, em um homem de 50 anos.
    A maioria das lesões não são cistos, são pseudocomedões. São
    sequelas de acne da adolescência. São lesões cicatriciais. Não
    irão responder com o uso da isotretinoína. São pontes fibrosas, e
    túneis fibrosos que acumulam queratina em seu interior e ficam
    parecendo comedões, mas não são. São revestidos de pele, com
    epiderme. Não tem cápsula. A única solução é cirúrgica. Nas
    lesões menores, basta retirar a “tampa”, vai sobrar uma cicatriz
    deprimida, mas irá parar de acumular a queratina, o que causa um odor
    muito ruim e um grande constrangimento social para o paciente. as
    lesões maiores terão que ser tratadas como cisto, mesmo.
    Aprendi isso no livro “Acne & rosacea” do Plevig.
    Grande abraço,
    Roberto Rezende

    Clique aqui para enviar sua opinao ou envie direto atraves de seu programa de email para [email protected]

    clique aqui para voltar para o inicio

    Voltar para a pagina inicial

    ULTIMAS MENSAGENS:

    DR. JAIRO MESA casos de Sergio Barbosa

    Hola… en el caso No 1, tomaría biopsia para descatar el hamartoma dendrocítico en medallón* o dermatofibrosarcoma atrófico
    *Medallion-like dermal dendrocyte hamartoma: the main diagnostic pitfall is congenital atrophic dermatofibrosarcoma.
    Marque M, Bessis D, Pedeutour F, Viseux V, Guillot B, Fraitag-Spinner S.
    Br J Dermatol. 2009 Jan;160(1):190-3. Epub 2008 Oct 22.

    En el caso No 2 pensaría en Epulis (fibroma reactivo, fibroma de células gigantes, quiste odontogénico, granuloma piógeno, granuloma de cél. gigantes)… en conclusión: biopsia

    En el caso No 3 acné nodulo quistico.

    Abrazos George…
    jairo

    Clique aqui para enviar sua opinao ou envie direto atraves de seu programa de email para [email protected]

    DR. SERGIO SANTOS BARBOSA Caso dos nódulos disseminados. Lesão única do membro superior

    Obrigado George, Roberto e Jairo.

    Minha impressão é que se tratam de cistos epidérmicos conforme o referido pelo Dr Roberto. Fico ainda em dúvida se a isotretinoína teria ação neste caso.
    Também pedi uma investigação radiológica a fim se afastar possibilidade de Sind de Gardner. No caso da lesão única o exame anátomo patológico concluiu como líquen plano , variedade acantolítica. A lesão oral deve ter o anátomo pronto ainda hoje.

    Abraços,

    Sergio Santos Barbosa

    São Paulo

    [email protected]

    Clique aqui para enviar sua opinao ou envie direto atraves de seu programa de email para [email protected]

    DR. SERGIO SANTOS BARBOSA Lesão gengival

    Saiu o Anátomo- GRANULOMA GIGANTOCELULAR PERIFÉRICO ( Épolis de Células
    Gigantes) . Parabéns e agradecimentos ao Dr Jairo Mesa. Eu nunca tinha
    visto e agora resta acompanhar pra ver se não há recidiva. Este tumor embora
    benigno pode ser localmente agressivo conforme relatam os artigos. Como
    etiologia o trauma pode estar envolvido e a conduta é mesmo cirúrgica.

    Vou anexar uma descrição de caso clínico que julgo pertinente ao caso. ,
    http://www.maxillofacialcenter.com/BondBook/softtissue/pgcg.html

    Abraços,

    Sergio Santos Barbosa

    São Paulo

    sergioderma[email protected]

  3. en el caso del miembro superior es una lesion atrofica,esclerodermiforme,descartar morfea o dermatofibrosarcoma forma atrofica(vimos un caso el año pasado en una niña de 16 años,lo tenìa en reg pretoraxica y tambien de 2 años de evoluciòn y bastante silente,en el caso 2 pienso en epulis y en el 3 acnè conglobata,iniciarìa tratamiento con isotretinoìna,despuies de examen exhaustivo del pte,para descartar sme de oclusion folicular

Responder a george leal Cancelar la respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies